Localização do Data Center Alemanha recebe marcas medíocres

O "Índice de Localização do Centro de Dados 2021" pela empresa de consultoria Arcadis conclui que a Alemanha oferece apenas condições estruturais medíocres para o funcionamento dos centros de dados. Graças à alta demanda por dados na Europa, a Alemanha é, no entanto, um dos locais mais atraentes para centros de dados na Europa Central, do ponto de vista econômico.

Insgesamt haben die Analysten die Standortbedingungen in aufstrebenden und bereits etablierten IT-Nationen untersucht. Führend sind im Ranking die U.S.A., gefolgt von Singapur und Japan. Ebenfalls in den Top10 liegen Schweden, Norwegen, Dänemark, die Vereinigten Arabischen Emirate, Finnland, Frankreich und die Schweiz. Alemanha está com Posição 26 atrás do Reino Unido (13), Luxemburgo (17), Holanda (19), Polônia (20), Estônia (23), Áustria (24) e Rússia (25), mas à frente da Irlanda (28), Lituânia (29), Espanha (30), Itália (31), Bélgica (32), Islândia (36), Portugal (37) e República Tcheca (38).

Bewertet wurden die Standorte nach den Art und Kosten der Stromversorgung, der allgemeinen Verlässlichkeit, der Dauer von Genehmigungsprozessen, der Cybersicherheit und den Vorschriften zum Datenschutz sowie dem Schutz der Privatsphäre. Einbezogen wurden außerdem die Betriebskosten, mögliche Umweltfolgen und staatliche Förderungen.

Infra-estrutura e política falam pela Alemanha

Segundo a Arcadis, os aspectos políticos e jurídicos, bem como a boa infra-estrutura, são fatores positivos em favor da Alemanha como local. Além disso, a alta demanda doméstica e as aplicações críticas existentes garantem uma alta demanda local por dados. Os analistas também citam como pontos positivos o fornecimento estável de energia, o alto uso da banda larga móvel e a crescente participação das energias renováveis, que na Alemanha em 2020, pela primeira vez, será 50 por cento excedido tem. Devido às altas exigências de energia, os operadores de data centers estão exigindo cada vez mais energias renováveis a fim de manter sua reputação como "fornecedor responsável".

As desvantagens para a Alemanha são o alto nível de burocracia e os resultantes processos de aprovação muito lentos, bem como as altas exigências. Atualmente, a maioria dos centros de dados na Alemanha ainda está localizada em Frankfurt am Main. Aqui também está localizado o maior nó de Internet do mundo, o De-Cix, com um volume médio de dados de 6 TBit/s. Entretanto, locais alternativos estão se tornando cada vez mais importantes na Alemanha, pois oferecem opções alternativas de resfriamento e energias regenerativas. Um exemplo disso é o Centro de dados de CO2-positivo Windcloud no norte da Alemanha.

Favor dividir a contribuição
Compartilhe no facebook
Compartilhe no twitter
Compartilhe no linkedin
Compartilhe no pinterest
Compartilhe no whatsapp
Compartilhe no telegram
Últimos posts

Vídeos recomendados de nosso Canal Youtube